segunda-feira, 31 de outubro de 2011 | 23:11 | 40 Comentários

O atooPsicóloga evangélica afirma que “HOMOSSEXUALISMO” é desorientação!

Por Welthon Leal


Como de costume as redes sociais estão sendo palco dos absurdos que o ser humano pode chegar a fazer. De fato todos sabem que isso é algo que se vê no dia-a-dia, porque aliás não é difícil encontrar racistas, que odeiam nordestinos, negros, judeus, gays e etc como alguns pensam. Essas “pessoas” estão ao nosso lado, pegam ônibus conosco e não são necessariamente sem educação. Pelo contrário, tem uma clareza grande e uma grande capacidade para colocar a Ciência ao lado do que chamam de “Deus”. Elas podem estar com bíblias de baixo do braço e orando em línguas.

Hoje à tarde uma psicóloga, de Curitiba, que se auto intitula “psicóloga cristão”, que como é de se esperar está sempre vivendo em função de honrar a glória “divina”. A senhora Marisa Lobo é psicóloga pela universidade Tuiuti do Paraná. Pós graduada em saúde mental, com curso de extensão em sexualidade humana, dependência química, cursos de entrevista motivacional, psicossomática, psicodiagnóstico, psicoterapia breve, arte terapia, bibliodrama aconselhamento Pastoral e Teologia.

Enfim, uma profissional aparentemente bem instruída, usou todo seu currículo para afirmar que o “homossexualismo” (sim ISMO, com o pós fixo que denomina de DOENÇA) é uma desorientação sexual, também deixou claro que seu filhos não teriam esse problema pois ela teria a capacidade suficiente de “educar bem seus filhos”. Como estudante de sociologia, compreendo e acredito que a sexualidade é sim um processo de formação psíquico, aliado a tendências genéticas. Algo que a senhora Marisa Lobo parece não defender. A psicóloga cristã pode ter todo direito de concordar mas até que ponto ela pode como profissional falar publicamente que isso é uma desorientação. Ao decorrer dos posts e das discussões Marisa defende seu ponto de vista, usando DEUS e afirmando que “nós” gays criamos a homofobia, que ela não existe, e que nossa luta por direitos não podem privar ela de falar de Jesus. Sim esse Jesus homofóbico que muitos crentes acreditam ser.

A psicóloga infantil tornou-se referência no meio cristão em “tratamento psicológico”, entretanto a mesma não atende homossexuais, pois a ética profissional da mesma não permitiria. Após a avalanche de respostas recebidas, Marisa Lobo usou a foto de um dildo em forma de crucifixo para afirmar que os “porcos” estão sujando o nome de Jesus.

Em um debate regado em citações à Jesus, à Bíblia e a benção divina recebida por ser linda, e ter um marido “gato”, ela chama as pessoas algumas pessoas de “gays invejosos” – Sim uma psicóloga falou isso! . A Senhora Marisa esqueceu de falar que de acordo com a Bíblia a mesma estaria tendo vivências sexuais desorientadas, já que segunda o livro escrito a 2.000 anos atrás, ela deveria fazer sexo com seus irmãos, ou pais, para assim garantir um sangue puro para a sua família. Também me estranhou suas fotos exibindo luxo, porque pelo o que sei Cristo disse: “Dai tudo que tem aos pobres e segue-me”. Esse parece ser sempre um versículo lido de modo... digamos contextualizado, enquanto os que citam gays devem ser lidos a risca.

Alguma dúvida de que esses pseudocrístões com excessos de fundamentalismo estão usando as escrituras bíblicas para propagar seus ódios mais particulares? Seus preconceitos? Maria Lobo acha que não. Mas isso ela terá que explicar ao Conselho Reginal de Psicologia do Paraná. Aliás, fica uma dica para os deputados crentes, criem uma lei na qual todos os evangélicos doem seu dinheiro aos pobres!


É DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DOS COLUNISTAS A EXPRESSÃO DE IDEIAS E OPINIOES VEICULADAS NESSE SITE!

40 comentários:

Anônimo disse...

Essa mulher já vem perturbando a comunidade LGBTT há muito tempo e se eu não me engano já existe o processo para cancelar o Diploma dessa infeliz fanática religiosa.

É mais uma NAZI-CRISTÃ, se vocês me perdoam o pleonasmo, já que Hitler também pregava a Moral, o Cristianismo e a Família.

Eu tenho o mais profundo NOJO de uma pessoa que usa um texto escrito por uma comunidade ignorante da Idade do Bronze que prega também o incesto e o assassinato pra PERTURBAR a vida de uma comunidade que já sofre com pessoas tão ou mais doentes que essa suja.

Essas pessoas deveriam ver esse vídeo pra ver se aprendem que NÓS NÃO QUEREMOS SEU AMOR EM CRISTO. NÃO QUEREMOS SUA OPINIÃO. NÃO QUEREMOS NEM A SUA AMIDAZE.

NÓS EXIGIMOS RESPEITO. Nem que pra isso tenhamos que brigar.

http://www.youtube.com/watch?v=Cjm8S0JkQl8&feature=youtu.be

Anônimo disse...

Welthon Leal adorei como fez seus comentários, sou psicologo e abomino esse tipo de conduta por parte de alguns profissionais!
espero de verdade que o conselho tome as providencias necessarias para quanto à profissional.

Roberto Dias disse...

Não se pode permanecer calado em situações que te propõe uma postura pacífica - de ficar de braços cruzados mesmo -, mas é irritante essa busca pelo sucesso sem o real desempenho de uma conduta ética e comprometida com trabalho sério.
Hoje a internet é um meio de promover falsos profissionais, não porque não tenham o devido direto de exercer seu expediente,mas que alardeiam a autopromoção sob assuntos já batidos e esclarecidos.
Não poderia escapar da tríade: religião-ética-radicalismo. Qual sua ética senhora Marisa Lobo? Que pilares escolhestes para fundamentar sua restrita e estanque forma de ver o mundo? De acordo com sua Bíblia, vocês mulheres - aqui uso o argumento só para rechaçar os dela - não eram puras, não poderiam falar, etc, etc. Como não se render ao revisionismo histórico no qual a dinamicidade da História é irrefreável? Há coisas e fatos contra os quais não se pode mais lutar. Não é a Bíblia – um super conto de fadas – que guia o homem na sociedade, é a lei dos homens, codificada, discutida por representantes titulares do poder do povo que tem o condão de manifestar sua justiça.
Não é seu Deus – sempre raivoso, cheio de regras radicais – que vai resolver seus problemas em relação a sua intolerância e ignorância acerca de assuntos já pacíficos na ciência, na lei e na ética generalizada.
Não há nada que curar minha senhora, senão seus poucos minutos de dislexia em que não soube compreender a diferença entre bem-estar e ditadura.

Roberto Muniz Dias
robertomunizdias@gmail.com

Anônimo disse...

Olha só... independentemente de qualquer coisa é uma rede social e o perfil é DELA e AINDA temos uma coisa chamada "liberdade de expressão" no nosso país. Ela não se direcionou à imprensa, ela apenas estava conversando com alguém pelo twitter. É o pensamento dela. Ser aceito, é uma coisa, mudar pensamento, é outra. Tolerância é diferente de aceitação. Quem fez isso simplesmente está procurando uma forma de ganhar dinheiro.

Tico certo RJ disse...

Isso é uma vaca não sabe nada jumenta....

wellthon disse...

Caro anônimo, é uma pena que hoje em dia as pessoas usem a palavra "liberdade de expressão" para disseminar ideias que machucam e propagam diferenças e desigualdades, e que resulta num dia-a-dia em que gays são espancados e agredidos nas ruas.

Uma rede social pública, estará sempre a mercê de ser julgada e questionada, se a psicologa Marisa Lobo não se preocupou em falar aos quatro ventos o que pensa através de sua ciência sobre o gays, não cabe a nós acharmos que era apenas uma conversa com algumas pessoas. Porque não era, uma conversa com algumas pessoas.

Ninguém aqui está querendo ganhar dinheiro, ou você acha que esse blog lucra assim? A senhora Marisa Lobo é a pessoa que está ganhando dinheiro ao disseminar isso,e atender evangélicos com sua ética pscicologica cristã.
Eu não atendo pessoas.

O pensamento preconceituoso das pessoas não dever discriminar, pelo menos quando este propaga. A senhora Marisa pode pensar o que quiser, mas falar seus pensamentos que incitam ao ódio e aumento de diferença é outra coisa.

Repito, é uma pena as pessoas se valerem da liberdade de expressão para cultivar ódio e diferenças, e esquecer que a liberdade de expressão anda de mãos dadas com a RESPONSABILIDADE.

Mas uma coisa, ela não falou? Alguém a está privado de falar? Estamos questionando o que foi dito. Ninguém aqui está infrigindo e pré-julgando Marisa, acabar com a "liberdade de expressão" é não permitir o outro falar, sem ao menos se avaliar o que está sendo dito. Nós estamos refletindo sobre as palavras da senhora Lobo.

Aprendam mais sobre o que é LIBERDADE de Expressão, e não tornem esse termo banal para defender a propagação de ódio. Porqu aliás cadê a liberdade de expressão do Ku KLuX Klan? Dos Nazistas na Alemanha? Dos racistas na África do Sul?

Nós gays, cansamos de ser humilhados, por quem quer que seja.

Decio Neto disse...

Naquele tweet que ela respondeu, eu tinha dito a ela que o Conselho Federal de Psicologia não considerava homossexualidade uma "desorientação" (entre aspas porquê o termo é dela) desde 1985. Se não me engano, o CFP usa o termo desvio.

Junto com esse tweet, eu também disse que o Conselho Federal de Psicologia, desde 1999, criou regras para que "profissionais" como ela não agissem desa forma, ela ignorou esse tweet.

Depois eu pedi provas pra ela na esperança dela postar alguma fonte de estudo, já que ela tinha tanta certeza, também expliquei pra ela que desorientação da orientação é desvio. Ela ignorou esses também. Mas acho que ela nem viu, a essa altura a TL dela já tava mais movimentada.

Mas eu fiquei feliz por ela dizer que não trata homossexuais. Imagina o que ia ter de gente se matando depois de uma consulta!

victorpfrancis disse...

Comentário Imoral de uma pessoa retrograda,
Espero que não seja tarde para seu julgamento, o pior de tudo é ter esta mascara que você tem

Anônimo disse...

Engraçado como as pessoas confudem liberdade de expressão com pareceres técnicos ou científicos distorcidos que confundem a cabeça dos menos esclarecidos.

Essa "pessecóloga" de botequim, ou psicanalista pessoal do Silas Malafaia, coloca seu parecer de acordo com sua visão e vivências pessoais desconsiderando os tratados mais importantes sobre sexualidade humana.

Não sou psicólogo, mas tenho um sobrinho formado em psicanálise por um dos mais renomados institutos do mundo e segue agora em seu mestrado. Mostrando essa matéria a ele, ficou indignado com esses conceitos criados por ela.

Simples, né? ela mesma resolver o complexo de Édipo dos seus filhos.

Na verdade, isso é tão absurdo que me faltam palavras pra expressar o que penso dessa Ignorante. Melhor parar por aqui, por que só me restam palavras chulas e de baixo calão para desqualificar essa lesada.

Ah, o pior: O Conselho Regional de Psicologia existe somente pra fazer volume. Não resolve nada, não pune ninguém e visa somente interesses políticos.

Zack

Lilly disse...

Essa jumenta estudante da Unicacete precisa ter o diploma caçado. Façam uma denúncia, pessoal! Vamos denunciá-la ao CRP – Conselho Regional de Psicologia da região onde ela trabalha!

Anônimo disse...

Vamos pedir a CRP – Conselho Regional de Psicologia da região onde ela trabalha que cace o diploma desta jumenta despreparada que se diz psicóloga!

Anônimo disse...

http://www.crppr.org.br/

AÍ O SITE PRA QUEM QUISER DENUNCIÁ-LA!

Ramon disse...

Pra mim é pura falta de argumento esse tal de ''Deus criou Adão e Eva não Adão e Ivo''.. Expressãozinha mais infantil, sem pensamento, conteúdo. O que mais me irrita é ainda usarem Deus pra pregar preconceito, enquanto deviam pregar amor ao próximo.

MARISA LOBO disse...

Se os partidários da causa gay vivem em função de atacar a opinião publica, sim pelo que me consta a opinião ainda é publica e um direito de todo cidadão.
CristiaISMO olha o ISMO complexo ai gente! Estão implicando até com isso. Opinião ainda é direito do cidadão?
Não sou "aparentemente bem instruída", graças a "Deus", sim "DEUS", tive uma boa educação e instrução.

Anônimo disse...

MARISA LOBO PSICÓLOGA,CRISTÃ
Se os partidários da causa gay vivem em função de atacar a opinião publica, sim pelo que me consta a opinião ainda é publica e um direito de todo cidadão.
CristiaISMO olha o ISMO complexo ai gente! Estão implicando até com isso. Opinião ainda é direito do cidadão?
pode mandar
Não sou "aparentemente bem instruída", graças a "Deus", sim "DEUS", tive uma boa educação e instrução.

Anônimo disse...

Bem instruída onde? Bonita onde? Tem cara de pobre e não sabe nem escrever direito. Pessoas como Marisa Lobo não deveriam nem sair de casa pra não estragarem o dia de ninguém.

Anônimo disse...

Organizações Tabajara acabaram, mas conseguiram formar essa aí pelo curso de "pessecologia" por correspondência...

Nunca essa mal formada teria oportunidade em institutos sérios como Sedes Sapientiae. Reprovaria na primeira entrevista.

Sou capaz de apostar que essa mulher nunca esteve numa sessão de psicanalise. É a tal que por medo de punição divina, não sabe distinguir ciência de religião.

Diplomas para mim, não provam nada. Aliás, Marisa Lobo é a prova mais concreta que ví até hoje.

Tenho pena de seus clientes. Tenho pena de seus seguidores que não conseguem enxergar a sua mediocridade.

Pessoas como essa são as que levam um garoto de 14 anos a cortar o pênis após uma ereção expontânea dentro da igreja. Segundo o seu pastor, ele não teria o perdão divino. Isso foi fato e aconteceu há alguns anos.

Tem o perfil ideal para aqueles programinhas fuleiros da tarde.

Ah seu eu tivesse algum poder!!!

Zack

Anônimo disse...

http://medico-psiquiatra.com/principal/homossexualidade.htm

Cobaias de Deus disse...

Onde essa anta se formou não havia um orientador, como uma psicóloga graduada ainda não descobriu que toda essa religiosidade que ela carrega nada mais é do que fruto insano de poder e castração, que todo ser humano usa para sobrepujar a outros e assim se estabelecer dentro de uma sociedade doentia que nada mais faz além de julgar e condenar aquele que foge as suas regras e dogmas. Senhora volte para a universidade e desta vez aprenda alguma coisa que seja útil .

Anônimo disse...

" Cristo não pediu muita coisa, não exigiu que
as pessoas escalassem o Everest ou fizessem
grandes sacrifícios. Ele só pediu que nos
amássemos uns aos outros."

Essa critica dela não me afeta em nada!

wellthon disse...

Sra. Marisa Lobo

Sim é de direito do cidadão se expressão e é dever do ESTADO, e das organizações civis avaliar essa liberdade de expressão e também critica-la. Isso é o que ocorre com você. Você está se expressando e nós que fazemos parte da MESMA sociedade estamos debatendo e criticando suas colocações. Isso se chama exercício democrático. Uma vez que seu discurso for condenado ele deve sofrer sanções, ou vice e versa. O grande problema é que você está se referindo a um grupo historicamente excluído pela sociedade judaico-cristão, de pessoas que morrem todos os dias por serem diferentes...

O ISMO significa patologia e doença, como você se define como bem instruída, deve saber que na sua profissão esse termo não deve ser usado, pois isso não se caracteriza como patologia, e nem distúrbio. Estamos portanto condenando seu ato, pois ele é público e como já dito fazemos parte da MESMA sociedade e país. Portanto nos cabe critica-lá.

Att,

Anônimo disse...

Falta de profissionalismo e NOJO dessa senhora!!

Apolo disse...

Eu realmente acho que é um equívoco achar que esse termo "ISMO", viesse gerar tanta indignação por parte dos "bem instruidos gays de nossa nação"; embora em certas áreas da saúde, em especial a psicologia, o "ISMO", em certos casos signifique patologia e tal, na filosofia e teologia, em muitos casos o "ISMO" está mais ligado ao significado de ideologia, idéia, corrênte de pensamento... Creio ser neste sentido que o "ISMO" venha sendo usado por alguns(não digo que este é o caso da psicóloga em questão)! Veja bem: IslãmISMO, budISMO, cristianISMO, judaISMO... Eu uso ismo em todos estes casos(risos); Quando se diz: HomossexualISMO(não digo que este é o caso da psicóloga em questão), muitas veses refere-se as idéias e "direitos defendidos pelos gays"! Definindo homossexualismo: Uma corrênte ideológica e filosófica, defendida por indivíduos, que são adeptos da "prática sexual com pessoas do mesmo sexo". Desapega meu!... Apegar-se a definição de "ISMO" dada por um ramo da ciência, deixando de lado definições dadas por outros ramos é ignorância.

wellthon disse...

Sr. Apolo

Acusar de ignorância o fato da crítica ao uso ISMO, me parece ser pretensioso para se sair ao debate. Ninguém nunca negou o uso do ISMO para questões de práticas, subjetivas e ideológica.

Para mim ignorância é se valer da comparação de Homossexua"lismo" com Budismo e Cristiano, na verdade não ignorância mas uso deturpado e duas coisas que não estão em jogo. Comparar os LGBT's como pessoas de um uso filosofico para normalizar o uso do ISMO que na MEDICINA foi e é usado para detectar anormalidades e patologias....

Quer dizer... Os evangélicos, nos chamam de praticantes de um ato homossexual, e depois usam HOMOSSEXUALISMO, e depois falam que é um "acordo" ou atitude ideologica? Para mim isso é um meio de desvincular que os LBGT's sãop normais e naturais, como afirma as Ciências.

Não se valha de comparações, sem lógica para legitimar e permitir o uso de uma palavra carregada de conceitos negativos, usado pela Ciência e depois expurgado.

Marinheiro disse...

Homossexualidade não é doença nem ideologia, é uma das formas que a sexualiDADE humana se apresenta, por isso o sufixo "ISMO" não é cabível de nenhuma maneira. (tanto é que ninguém fala Heterossexualimo).

A psicóloga Marisa Lobo se mostra totalmente ignorante, a instrução que supostamente recebeu de deus de nada serviu, pois coloca suas crenças sem base na frente de estudos respeitáveis da ciência que mostra embasadamente que homossexualidade não é desvio.

Mário Jr (halo) disse...

Pessoal.... o sufixo ISMO não só pode se referir à patologia como à correntes de pensamento como welthon apontou muito bem... Quando o termo foi cunhado ele realmente recebeu um significado de doença...e por isso teve o sufixo ISMO presente em seu radical "HOMOSSEXUAL...". Mas acontece que o homossexualismo ou a homossexualidade já não é visto como doença desde o fim do século XX. Dai... por mais que algumas pessoas acham que a homossexualidade é uma doença... elas podem utilziar o termo "homossexualismo" sem saber dessa parte etmológica... e por mais que "homossexualidade" foi o termo inventado para substituir o teor de doença no termo 'homossexualismo' muitas pessoas podem fazer uso do termo 'homossexualidade' e a referi-la como doença: "A homossexualidade é uma doença!" (POR EXEMPLO).... quando as pessoas fazem uso de "homossexualismo" nem sempre elas encaram esta sexualidade como uma doença, pelo contrário, pios conheço muita gente que nem se quer sonha que um dia esta sexualidade foi considerada doença e usa o termo "homossexualismo" para apenas se referir à sexualidade homo.
Eu desenvolvi uma monografia em linguística na Federal de Goiás em que eu falo sobre este assunto... Eu digo que ao ficarmos neste impasse entre um termo e outro... fazermos que pessoas que nunca pararam para pensar na sexualidade homo como uma doença...vai passar a pensar a partir dali.
Por exemplo: vamos imaginar que uma pessoa diz assim: - Mãe... eu estudei na escola hoje sobre homossexualismo. A aula foi bem interessante...
Dai a mãe desta pessoa responde: Meu filho... não pode dizer "homossexualismo". O termo correto é homossexualidade, pois homossexualismo foi o termo inventado para classifcar esta sexualidade como uma doença."
Vai vamos tentar imaginar o que esta mãe está fazendo na cabeça do filho... ele nunca tinha parada para imaginar que era uma doença... mas a partir dali ele vai. O que fazemos com isso? Nós ao ficar brigando com o uso de um termo e de outro..não deixamos morrer o passado em que ISMO significa realmente doença... a gente fica ressucitando o morto!
Aff..vamos parar gente com isso.. deixem as pessoas utilizarem um termo ou outro ...elas são indistintivos... ou seja, eles não possuem significados diferentes um do outro.. somos nós que estamos fazendo isso se tornar verdade..... é muito mais fácil ressignificar a palavra homossexualismo do que coibir o uso da mesma... Ninguem controla a boca e nem as palavras de ninguém... Quando me dizem homossexualismo.. hajo naturalmente, pois sei que as pessoas em geral nem sonham que um dia essa sexualidade foi considerada uma doença....
#PRONTOFALEI!

wellthon disse...

Adorei seu comentário Mário, posso ler sua manografia? Qual curso você se formou?


Att,

Mário Jr (halo) disse...

Claro Welthon.... eu me formei bacharel em linguística em 2008... qual seu email?

wellthon disse...

Faço Ciências Sociais, é wellthon.leal@gmail.com

Anônimo disse...

Simples: DENUNCIEM!

Odorg disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!
Utilizar do complexo de Èdipo para atacar a comunidade LGBT, é amostra grátis de que você psicologa gastou anos da sua vida insignificante, para se tornar uma má profissional ( se é que o termo se aplica aqui ), e dizer teoricamente que seu filho irá se apaixonar por você, num intuito sexual, tendo por referência masculina seu marido, e se baseando no seu fanatismo religioso; tenho até medo de pensar na mutação homofóbica que os gays vão enfrentar pelas ruas... Chamem as samus.

Anônimo disse...

Se fosse uma desorientação de qualquer especie, não teriamos muitos gays se destacando pelo mundo

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk
essa a mulher que é doença sim como preconceituosa é mal fé e problema alma das trevas.
Sou espírita que sou muito fantasma como converso com espíritos muito sobre o homossexualismo que não é doença como sexualidade diferença pois é livre arbítrio e também por motivo das vidas passadas como foi mulher, homem, homossexual, etc até mistérios das vidas dos destinos com caminhos..
Acredito em reencarnação! Não acredito a história de Adão e Eva momento. Acredito sim em Pré-História como aconteceu e vários homossexuais antes do Adão e Eva. Tá com licença? Idiota! Sua preconceituosa.

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, vc sim é uma aberração!

Anônimo disse...

ah desculpe, tenho nome LUIZ OTÁVIO PEREIRA e cpf tbém, só não vou posta-lo aqui, mas posso lhe passar, caso vc se pronuncie.
PS. sou o anônimo ai de cima do "kkkkkkkkkkkkkkk"

justin disse...

Pra mi a Verdadeira desorientada é ela....Até Freud explicaria isso....um absurdo ouvi dessa má profissional...ela não pode se intitular Psicologa nem aqui nem em Lugar nenhum...é mais uma prova de que, não são só as pessoas Leigas que são "preconceituosas" vejam essa "coisa" estudou tanto pra Nada.....imagine o terror que ela não planta nos seus pacientes coitados? esse povinho deveria deixar de pregar o pecado de lado e pregar as virtudes do HOMEM....

Ana&Well WAPTV disse...

O homossexualismo é uma doença hormonal ou psicossomática que pode ser tratada, porem quem entende disso não quer ser discriminado, grande parte dos psicologos são gays e tem medo de serem discriminados, um cabeleireiro não anda com cabelo desarumado, agora já viu médico? Estes não cuidam da propria saude e tem dificuldades de aceitar que estão errados, conheço um psicologo gay chamado Gaci Machado, ele admitiu que homossexualismo é doença psicosomática.

Ivone disse...

VAMOS LUTAR BATALHAS QUE VALHAM A PENA.

Desculpem, mas eu não tenho que entrar em um site voltado ao público LGBT e ler uma merda como esta acima, é agressivo, desrespeitoso, é infundado, é calunioso e somente vigaristas ou desequilibrados defendem o que esta senhora defende e este último comentário.

É nojento ter de olhar para a cara dela e ainda ter de vê-la com espaço no comentários e um texto dedicado a uma infeliz que ninguém sabia sequer quem era até que ela encontrou um nicho de promoção: falar impropriedades e absurdos sobre LGBTs, através de agressão e distorção de discursos.

Dar espaço a este tipo de texto - e não estou discutindo se está bem escrito ou não - é promover quem quer mesmo promoção, ou seja, é colaborar com nossos algozes. Além disso, em vez de promover o site entre quem interessa, nossos pares, quem precisa nos ler ou gosta e nos divulga, e heterossexuais com quem podemos dialogar, serve somente para atrair este tipo de gente torpe que encontramos em alguns comentários, que nos causam apenas repulsa e, portanto, serve somente para afastar o público que realmente interessa ao Gay 1. Eu mesma fiquei dias sem conseguir abrir o Política Ativa, pois dava de cara com a foto que me causa repulsa.

Temos de ter discernimento para saber quem é importante combater, pois é de fato nocivo à conquista de nossos direitos ou quem é totalmente inócuo, como a pessoa em questão - a este tipo de gente, como seu disse, não combatemos, pois não há o que de fato combater, apenas ajudamos em sua promoção.

Vamos lutar, mas combater somente a boa luta e não desperdiçar energia com quem não vale a pena.

Ivone disse...

Há em toda a internet milhares de mensagens absolutamente agressivas e com tentativas de desqualificação à comunidade LGBT, há sites religiosos, conservadores, moralistas, extremistas, que falam toda esta porcaria infundada que é dita aqui, portanto, aqui seria praticamente um refúgio, um lugar somente nosso, em que trocamos idéias saudáveis, de luta, de resistência, de conquista de direitos, de alegria, de vida plena, livre e em paz, não um território a ser invadido por quem deseja passar por cima de nós com toda a fúria até nossa total invisibilidade e extinção.

Nosso trabalho aqui tem sido importantíssimo. O Gay 1, tem um trabalho fundamental ao trazer jovens a um local em que se sentem compreendidos, um local seguro em que não são agredidos, um local em que encontram informações e, sobretudo, a compreensão de que tanto necessitam e não encontram muitas vezes em nenhum outro lugar - sem qualquer agressão, julgamento ou apedrejamento público. E um jovem deste - que pode estar atormentado ao limite, como sabemos - se entra aqui encontra agora este tipo de coisa?

Espero que compreendam minha palavras e minhas preocupações, inclusive, pela enorme admiração ao trabalho do Gay 1 e o grande e importante serviço prestado a toda a comunidade LGBT e DIARIAMENTE - algo de impacto imensurável na vida de tanta gente.

Um abraço enorme em todos.

Bispo Roberto Torrecilhas disse...

DEUS NÃO FEZ ADÃO E IVO - DEUS FEZ ADÃO E EVA . ISSO É O QUE A BÍBLIA DIZ . RESPEITO A CADA OPINIÃO , MAS A VERDADE BÍBLICA É ESSA.